Hospital da Mulher faz Campanha Educativa no Dia Mundial de Lavagem de Mãos

mãos

                                                                        Infectologista demonstrando os movimentos da higienização

O Hospital da Mulher Mariska Ribeiro comemorou o Dia Mundial da Higienização das Mãos em 5 de maio com uma série de atividades educativas realizadas por profissionais do Centro de Controle de Infecção Hospitalar – CCIH  nas  dependências da unidade.

17414925765_29150206e3_z

                                                              Enfermeira do CCIH visitando os postos de enfermagem da unidade.

Uma palestra com a infectologista responsável pela segurança biológica da unidade  foi apresentada para os profissionais no Centro de Estudos Alkindar Soares , e a enfermeira responsável pelo CCIH realizou durante todo o dia diversas apresentações sobre a forma correta da higienização das mãos para funcionários, clientes, visitantes e acompanhantes.

17413011112_9dc197010a_z

                                                                    Profissional colocando em prática as etapas da higienização

O outono já está terminando e as temperaturas caem e oscilam com dias quentes e é neste período que doenças como tosse, resfriado, gripe, infecção de olhos, de pele e infecções gastrintestinais, como a diarreia, por exemplo, costumam se intensificar. Assim, germes e fungos podem sobreviver e se propagar por mais tempo.

As dez doenças mais comuns por falta de higiene correta são: infecção estomacal, respiratória, gripes, resfriados, diarreia, doenças de pele, espinhas, dor de garganta, infecções no ouvido e erupções na pele. Elas podem ser evitadas com a higienização das mãos frequentemente. Segundo a UNICEF e a OMS, é possível reduzir em até 40% a incidência de infecções, como a diarreia, com o simples ato de lavar as mãos.

O hábito de LAVAR AS MÃOS previne e reduz infecções, promovendo a segurança de pacientes, profissionais e demais usuários dos serviços de saúde.

Utilizar o álcool em gel é eficaz contra todos os tipos de germes (incluindo o vírus da gripe H1N1), além de matar 99,99% das bactérias. “Porém, a total higienização e prevenção de doenças serão garantidas se combinada à lavagem das mãos com água e sabonete, reforçando a remoção mecânica de parasitas.

A Lavagem de Mãos é uma medida SIMPLES, ECONÔMICA E EFICAZ na prevenção de doenças e infecções e um importante para a Saúde Individual e Comunitária.

Fonte: USP

Links relacionados:
ANVISA: Higienização das Mãos e Higienização das Mãos em Serviços de Saúde
OMS – no Brasil: OPAS